Quem somos


O CRIM UFRJ-Macaé é um Centro Regional de Informações sobre Medicamentos que visa atender a população, estudantes e profissionais de saúde no fornecimento de informação independente, criticamente avaliada, referenciada e fundamentada nos princípios da saúde baseada em evidências.
Nossa meta é estabelecer um canal entre a universidade, sociedade e profissionais de saúde com o objetivo de difundir informações sobre medicamentos visando promover o uso racional e seguro destas tecnologias. Para tal, buscamos, avaliamos, organizamos e divulgamos informações sobre medicamentos e temas relacionados, que são disponibilizados através de informativos, respostas à dúvidas recebidas, realização de cursos palestras e outras ações.

O CRIM UFRJ-Macaé integra a Rede Brasileira de Centros e Serviços de Informação sobre Medicamentos (REBRACIM) que integra Centros de Informação de todo país e tem como objetivo coordenar e executar serviços e atividades voltados à produção e difusão de informação sobre medicamentos, visando seu uso racional e seguro no âmbito do Sistema Único de Saúde.

Equipe:

Farmacêuticas:

Danielle Martins Ventura

Fernanda Lacerda da Silva Machado

Juliana Givisiéz Valente

Docentes:

Danielle Maria de Souza Serio dos Santos

Denise Oliveira Guimaraes

Samantha Monteiro Martins

Thaisa Amorim Nogueira

Discentes:


Gisele da Silva Belchior

Iasmin Aquino da Conceição Pacheco

Jaziane Barcelos Ribeiro


Júlia Ribeiro Sales

Luanda Vidal dos Santos




Thaís Marcela da Silva Pereira

Yanca Nunes Brito







4 comentários:

  1. Parabéns pelo excelente trabalho. Vou divulgar entre meus alunos.
    Prof. Luiz Amarante - UFF

    ResponderExcluir
  2. Estou achando muito interessante.
    Não conhecia o Blog. O Google+ me trouxe aqui.

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. hospital de Cachoeira de arari estar jogando medicamento fora vencido soros p aids CEP 68.840-000

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso serviço tem como objetivo esclarecer dúvidas sobre medicamentos e não recebe denúncias como esta. Recomendamos encaminhar a questão para a Vigilância Sanitária do Município para tomar as devidas providências contra este problema gravíssimo.

      Excluir

Caso queira enviar uma dúvida, utilize nosso Formulário na aba Envie aqui sua pergunta (http://crimufrjmacae.blogspot.com.br/p/envie-aqui-sua-pergunta.html).