Loratadina, desloratida e polaramine



Gostaria de saber a diferença entre os medicamentos: Loratadina, Desloratadina e Polaramine.

Os três medicamentos tem ação antialérgica e irão diferir basicamente na dose utilizada, no início e duração do efeito, nos efeitos adversos que podem causar e no risco de interação com outros medicamentos.

A loratadina e a desloratadina apresentam estruturas químicas semelhantes. Inclusive a loratadina é convertida em desloratadina no nosso corpo. Portanto, as ações das duas são similares. Ambas apresentam uma duração de ação longa e são empregadas em processos alérgicos como rinite e urticária. A loratadina e a desloratadina são geralmente utilizadas apenas 1 vez ao dia pois tem uma duração de ação longa. Além disso, o efeito antialérgico de ambas se inicia em torno de 1 hora após o uso por via oral. 

O Polaramine apresenta como substância ativa a dexclorfeniramina, que diferentemente da loratadina e desloratadina, causa sonolência e reduz a produção de secreções, como a saliva e secreções nasais. Além disso, sua ação dura entre 4-6 horas. Portanto, é necessária administração 3 a 4 vezes ao dia no caso de formulações convencionais. Mas há no mercado algumas apresentações com tecnologia especial que permite o uso apenas 2 vezes ao dia mantendo os níveis do medicamento adequados para manutenção do efeito.

A dexclorfeniramina faz parte da composição de muitas formulações utilizadas em gripes e resfriados. Além disso, pode ser empregada para o tratamento da rinite, problemas alérgicos de pele e conjuntivite. 

Em relação ao potencial de interações, a dexclorfeniramina pode aumentar o efeito de substâncias que diminuem a atividade do sistema nervoso central, como o álcool, calmantes e medicamentos para dormir. 

Ficou com alguma dúvida? Envie também sua pergunta através do nosso Formulário Pergunte ao CRIM.

Referências:
1. MICROMEDEX. Disponível em: <http://www-micromedexsolutionscom.
ez29.periodicos.capes.gov.br/micromedex2/librarian/>. Acesso em: 26 mar. 2015.
2. ANVISA :: Bulário Eletrônico :: 2013. Disponível em:
<http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/index.asp>. Acesso em: 26 mar. 2015.
3. DynaMed. Ipswich (MA): EBSCO Information Services. Disponível em
<http://www.ebscohost.com/DynaMed/>. Acesso em: 26 mar. 2015.

18 comentários:

  1. Eu gostaria de saber se pode interagir a Loratadina com o Polaramine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaela, embora não tenham sido encontradas interações medicamentosas entre essas substâncias, também não há relatos na literatura que indiquem o uso de dois antialérgicos em associação.

      Excluir
  2. Quem amamenta pode tomar polaramine?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Rita, de acordo com o manual do Ministério da Saúde sobre Amamentação e uso de medicamentos, recomenda-se cautela com o uso de Dexclorfeniramina (Polaramine) durante a amamentação. A orientação geral é que neste caso, prefira-se utilizar os antialérgicos que não causem sonolência.

      Caso seja utilizado, deve-se ficar atento à irritabilidade e sonolência no lactente.

      Referência:
      Brasil. Ministério da Saúde. Amamentação e uso de medicamentos e outras substâncias. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2014. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/amamentacao_uso_medicamentos_outras_substancias_2edicao.pdf. Acesso em 10 nov 2017.

      Excluir
    2. Lembrando que é importante conversar com o médico ou farmacêutico e esclarecer dúvidas e preocupações quanto ao uso dos medicamentos, em especial durante o período de gravidez e amamentação.
      Caso tenha mais alguma dúvida, preencha o formulário na aba Envie aqui sua pergunta.

      Excluir
  3. Paciente hipertenso que toma losartana 50mg e isossorbida de 20mg pode tomar loratadina para aliviar a urticária? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Mariana, nós não encontramos relatos na literatura de interação entre losartana, mononitrato de isossorbida e loratadina.

      Entretanto, deve-se ter precaução com o uso de loratadina em idosos, pessoas com hiperplasia da próstata, retenção urinária, glaucoma, obstrução piloro-duodenal, epilepsia, insuficiência hepática e renal.

      Destacamos a importância de conversar com o médico ou farmacêutico, informando os medicamentos que utiliza e problemas de saúde antes de iniciar um novo tratamento.

      Caso tenha mais alguma dúvida. Escreva pra gente através do Formulário na aba Envie aqui sua pergunta.

      Referência:
      Formulário Terapêutico nacional 2010: Rename 2010/Ministério da Saúde, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos – 2ª Edição – Brasília: Ministério da Saúde, 2011.

      Excluir
  4. Boa noite, o uso prolongado do loratadina pode ocorrer hepatite fulminante?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia!

      Até o momento, considera-se que alterações no funcionamento do fígado como icterícia e hepatite são reações raras ao uso de loratadina.

      Encontramos na literatura apenas relatos de caso descrevendo lesão no fígado após o uso de loratadina, dos quais um sugere que a hepatite induzida por este medicamento tenha um componente autoimune.

      Entretanto, como são poucos estudos disponíveis até o momento, ainda não foi possível estabelecer de forma definitiva os fatores que podem predispor alguém a desenvolver alterações no fígado com o uso de loratadina.

      Caso tenha mais alguma dúvida, não deixe de nos escrever através no nosso formulário na aba Envie aqui sua pergunta.

      Referências:
      ARSHAD H. et al. Antihistamine-Induced Hepatitis: 2 Cases Involving Loratidine. Case Reports in Hepatology. v. 2016, n. 6890313, 2016.

      Micromedex® 2.0. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2017.

      SCHIANO, T.D. et al. Subfulminant liver failure and severe hepatotoxicity caused by loratadine use. Annals of Internal Medicine, v. 125, n. 9, p. 738-40, 1996.


      Excluir
  5. Olá meu esposo tomou polaramine e não teve muito efeito, gostaria de saber a partir de qto tempo posso dar loratadina, pois a loratadina ele se da melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde!
      O maleato de dexclorfeniramina, substância presente no medicamento Polaramine, tem duração de ação em torno de 24 horas. Entretanto, este tempo pode ser maior em pessoas que tenham problemas nos rins.
      Portanto, como este período pode variar de acordo o paciente, cabe confirmar com um médico ou farmacêutico o intervalo de tempo para a mudança entre os medicamentos. Estes profissionais irão orientar ainda quanto à dose, frequência de uso e duração do tratamento para a loratadina neste caso em específico.

      Caso tenha alguma dúvida, escreva pra gente através do nosso formulário na aba Envie aqui sua pergunta.

      Referências:
      DynaMed. Disponível em: . Acesso em: 27 dez. 2017.

      Skidgel RA. Histamine, Bradykinin, and Their Antagonists. In: Brunton LL, Hilal-Dandan R, Knollmann BC. eds. Goodman & Gilman's: The Pharmacological Basis of Therapeutics, 13e New York, NY: McGraw-Hill.

      Excluir
  6. Tomo dexclorfeniramina a 3 dias e nao esta me ajudando na alergia
    O loratadina e mais eficaz pra mim
    O comprimido do loratadina demora mais no efeito que o xarope?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Loratadina demonstra seus efeitos terapêuticos no organismo humano em tempos semelhantes nas apresentações de xarope ou comprimido, atingindo a concentração máxima do medicamento no sangue em cerca de 1 hora após a ingestão.

      Excluir
  7. Tem 3 dias que tomo o dexclorfeniramina e não esta resolvendo meu problema
    Continua aparecendo manchas vermelhas pelo meu corpo
    O xarope da loratadina foi mais eficaz
    Posso retornar tomando ele ?

    ResponderExcluir
  8. Loratadina demonstra seus efeitos terapêuticos no organismo humano em tempos semelhantes nas apresentações de xarope ou comprimido, atingindo a concentração máxima do medicamento no sangue em cerca de 1 hora após a ingestão.

    ResponderExcluir
  9. A loratadina é indicado para alívio temporário dos sintomas associados com rinite alérgica (ex.: febre do feno), como: coceira nasal, nariz escorrendo (coriza), espirros, ardor e coceira nos olhos; é também indicado para o alívio dos sinais e sintomas de urticária e outras alergias da pele. Converse com seu médico sobre o melhor tratamento para o seu quadro clínico.

    ResponderExcluir
  10. Minha filha teve uma reação alérgica e minha mãe usou loratadina xarope porém aliviou mais ainda está coçando posso dar Polaramine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ambos os medicamentos podem ser empregados em processos alérgicos. Converse com seu médico ou farmacêutico sobre os sintomas apresentados. Estes profissionais irão orientar quanto à dose, frequência de uso e duração do tratamento neste caso em específico.
      Caso tenha mais alguma dúvida, escreva pra gente através do nosso formulário na aba Envie aqui sua pergunta.

      Excluir

Caso queira enviar uma dúvida, utilize nosso Formulário na aba Envie aqui sua pergunta (http://crimufrjmacae.blogspot.com.br/p/envie-aqui-sua-pergunta.html).